PM que agrediu frentista no ES apresenta nova licença médica e continua afastado

342

Sargento Clemilson Silva de Freitas agrediu o frentista em um posto de gasolina

O sargento da Polícia Militar Clemilson Silva de Freitas, que foi flagrado por uma câmera de segurança agredindo um frentista em um posto de gasolina em Vila Velha na Grande Vitória, permanece afastado das atividades em função de mais uma licença médica, que terminará no dia 27 de outubro.

Esta é a terceira licença médica tirada pelo policial em sequência desde que a agressão ao frentista ocorreu, em 23 de janeiro deste ano. A primeira teve início no dia 28 de janeiro e durou 148 dias. Já a segunda vigorou entre 24 de junho e 25 de agosto, enquanto a terceira foi iniciada em 25 de agosto.

De acordo com a Polícia Militar, as licenças foram tiradas por razões médicas. Por isso, mais informações não podem ser fornecidas, pois dizem respeito somente às partes envolvidas.

O Tribunal de Justiça do Espírito Santo aceitou a denúncia de agressão contra o policial feita pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES) e a primeira audiência do caso está marcada para o dia 24 de novembro deste ano.

Clemilson também responde a um Processo Administrativo Disciplinar (PAD), que está em andamento na Corregedoria.

Agressão

A agressão aconteceu no dia 23 de janeiro e foi gravada por uma câmera de videomonitoramento do posto.

As imagens mostram o momento em que o sargento, que estava fardado, dá um tapa no rosto do frentista e, em seguida, aponta a arma para ele.

De acordo com o funcionário, o militar esteve no posto de gasolina no dia anterior e não gostou quando o frentista pediu para que ele descesse da moto para abastecer, um procedimento padrão no posto de gasolina.

Informações: G1