Menina tem orelha mutilada com caco de vidro em Guarapari

114

Uma menina de 14 anos teve a orelha mutilada com caco de vidro em Guarapari, no Espírito Santo. Os ferimentos foram tão graves que ela precisou ser levada para o hospital. Segundo a família, o tio dela, que sofre de esquizofrenia surtou e cortou a orelha da menina.

“O momento foi tipo de filme de terror. O chão parece que abriu para a gente. Quando ele pegou ela, a gente ficou desesperado. Levei para o hospital, falaram que foi muito forte e que atingiu duas veias”, contou a mãe dela.

A mãe contou que o tio pegou um pedaço de caco de vidro e atingiu a garota que tinha ido visitar a avó. “A minha mãe [avó da menina] ficou desesperada por causa dos vizinhos e ele entrou como se nada estivesse acontecendo”, falou.

O agressor tem 32 anos, é esquizofrênico, e tinha proibido as irmãs de visitarem a mãe dele. “A minha filha foi lá me ver, a gente estava com saudade, meu filho chegou no portão, pediu para eu abrir para jogar o lixo fora. Ele saiu e assim que ele foi lá, já veio com caco de vidro enorme, com uma boca de garrafa e enfiando no rosto na minha netinha. Ela virou e pegou na orelha. Tinha uma fúria que não parecia de ser humano”, falou a avó.

Depois da agressão, o homem fugiu. Essa não é a primeira vez que ele agride alguém. Há pouco mais de dois anos, ele tinha esfaqueado uma outra pessoa.

A família não sabe o que fazer e pede ajuda pra internar o rapaz. “Sinto muito, mas eu não posso ficar com ele em casa. Ele é risco para a sociedade, não só para a minha família”, falou a avó da menina e mãe do agressor.

A adolescente agredida teve alta nesta segunda-feira (3), mas ainda vai precisar de acompanhamento. “Felizmente ela está bem, mas não pode ficar perto de animais para não pegar nenhum tipo de infecção, repouso absoluto. Depois, tem que fazer cirurgia plástica”, completou a mãe da vítima.

Informações: G1/ES