Time de futebol americano homenageia deputado do Noroeste

377

Conhecido desportista ligado ao tradicional futebol de campo, tendo sido o responsável pela melhor fase do Santos, de Barra de São Francisco, e presidido o Rio Branco, o maior ganhador de títulos capixaba, o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) viveu um momento diferente e viu seu nome sendo lembrado por outro futebol, só que jogado com bola oval, o americano.

Enivaldo ganhou, na tarde desta terça-feira (26/06/2018), uma camisa personalizada do Tritões Futebol Americano, que projetou o Espírito Santo para o Brasil ao sagrar-se campeão brasileiro em 2010 e, depois, ficando sempre entre as cinco melhores equipes da modalidade no Brasil.

“O Brasil já é considerado o terceiro maior mercado para o futebol americano, ficando atrás apenas de Estados Unidos e México, e a NFL, a principal liga profissional norte-americana, já pensa em fazer um evento promocional de abertura de temporada, com jogos no Maracanã”, disse o diretor-executivo do Tritões, Raul Marques.

O dirigente do Tritões entregou a camisa personalizada a Enivaldo dos Anjos como forma de agradecimento pelo apoio que o parlamentar prestou ao time em 2017, na semana da decisão da Conferência Sudeste contra o, então, poderoso Sada Cruzeiro, em Belo Horizonte. Somente 48 horas antes do jogo o Tritões obteve a confirmação do transporte para a sua equipe.

“Esse tipo de apoio gratuito que obtivemos do deputado Enivaldo foi fundamental para que pudéssemos viajar e é vital para a nossa existência. Temos um excelente grupo, mas grandes desafios financeiros, já que não é tradição de empresas capixabas apoiarem equipes esportivas locais, ainda que elas projetem o Estado, como faz o Tritões”, disse Raul, que começou sua carreira no esporte nas escolinhas do Vasco, no Rio de Janeiro, onde viu nascer um craque: Phillipe Coutinho.

Depois de mudar-se para o Espírito Santo com a família, e acompanhando jogos pela televisão, apaixonou-se pelo futebol americano. “Eu não vi o Tritões nascer, mas ouço as histórias e elas são muito bonitas”, disse Raul, enquanto o deputado Enivaldo comentava que não esperava pela homenagem: “O que faço não é para receber homenagens, mas qualquer pessoa fica feliz com o reconhecimento. Desejo muito sucesso ao Tritões e pode continuar contando comigo”.

O time foi fundado como Vila Velha Tritões em 21 de dezembro de 2004 por um grupo de amigos, aficcionados do futebol americano, sob a liderança dos irmãos João Rubens e Raony Rocio, que “brincavam” nas areias da Praia da Costa. Somente três anos depois o time tornou-se competitivo e desde essa época nunca perdeu para um adversário capixaba.

Sua projeção para o Brasil começou no Brasileiro de 2010, quando derrotou, na final, o Vasco da Gama por 7 a 0, no Estádio da Vila Belmiro, em Santos. Em 2017, a diretoria decidiu mudar o nome para Tritões Futebol Americano por entender que não representa mais apenas Vila Velha, mas o Estado do Espírito Santo.

O time está a menos de mês da estreia no Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, que ocorrerá no dia 21 de julho, em casa, contra o Atlético-MG, que agora é Sada e conta com toda a estrutura (inclusive os jogadores) que levou o Cruzeiro a ser campeão no ano passado.

Entretanto, até agora, o Tritões não sabe aonde vai jogar. “Nosso sonho é mandar nossos jogos todos no Estádio Kleber Andrade, mas ainda estamos em busca dessa definição junto à Secretaria de Estado de Esportes, com quem tentamos também renovar a parceria que nos garantiu o transporte da equipe em todo o campeonato do ano passado”, observou Raul.

JOGOS DO TRITÕES NA PRIMEIRA FASE 21/07 – Atlético Mineiro (em casa) 11/08 – Botafogo (em casa) 25 ou 26/08 – Juiz de Fora (em Juiz de Fora) 15/09 – Corinthians (em casa) 29 ou 30/09 – América Mineiro (em BH) 20 ou 21/10 – Flamengo (no Rio)

 

COMPARTILHAR