Estrada é fechada com porteira, corrente e cadeado em Muqui, Sul do Estado

Moradores de Muqui, no Sul do Estado, protestaram no início da noite desta segunda-feira (6) depois que fazendeiros fecharam uma estrada de acesso à sede do município.

A estrada de terra foi fechada com uma porteira de madeira, trancada com cadeado e corrente, impedindo a passagem até mesmo de crianças que usam a via para ir à escola.

A foto das crianças pulando a porteira viralizou em uma rede social, e causou revolta em alguns moradores, que resolveram protestar pedindo a reabertura da estrada.

De acordo com a moradora Camila Maganha, a via é utilizada há muito anos para a passagem da comunidade mas, nos últimos meses, foram colocadas porteiras em alguns pontos.

Revoltados, moradores quebraram as correntes e cadeados, liberando o acesso de estudantes e idosos. Mas voltaram a fechar com uma nova porteira. Isso é um absurdo, já que a via é pública”, reclama.

Uma proprietária rural que não quis se identificar, afirmou que a estrada não pertence ao município e que o caso está na Justiça.

“Essa estrada não pertence ao município e vamos mostrar na Justiça a escritura da terra. Não posso dar mais informações, já que meu advogado acompanha o caso”, afirmou.

De acordo com a moradora Maria Aparecida Floriano, caminhões e carros de passeio estão liberados para passar pela estrada, o que causou ainda mais revolta.

“Carro pode passar, gente não. Isso é um absurdo”, reclama.

A Polícia Militar acompanhou a manifestação de perto, mas não foi preciso intervir. A reportagem de A Tribuna procurou a prefeitura, mas ninguém foi encontrado para dizer a quem pertence a estrada fechada.

Fonte: tribunaonline