Espirito Santo: Vitória venceu o Brasiliense e está nas oitavas de final da Série D

O palco do jogo era a Boca do Jacaré, mas quem deu a mordida fatal foi o Vitória neste domingo (23). Jogando contra o Brasiliense, em Brasília, o Alvianil venceu por 2 a 1 e se classificou às oitavas de final da Série D, em mais um grande passo rumo ao acesso do Brasileiro. Os gols da equipe capixaba foram marcados pelo lateral direito Cássio ainda no primeiro tempo, e Carlos Vitor no segundo. Michel Platini descontou já no fim.

O adversário nas oitavas de final será o Ituano. O primeiro jogo provavelmente acontece já no próximo sábado, no Salvador Costa. A CBF ainda confirmará o local e horário do confronto.

INÍCIO QUENTE

Provando ser um visitante indigesto, já que não foi derrotado jogando longe do Salvador Costa, o Vitória começou partindo para cima do Brasiliense. Com bom volume nos minutos iniciais, o Alvianil conseguiu um escanteio aos 13 minutos. Watson cobrou bem e Cássio subiu bonito para abrir o placar.

Atrás no marcador, o time da casa foi para cima e chegou a empatar aos 28 minutos, com Manteiga. A sorte do Vitória foi que o lance foi anulado pela arbitragem porque a bola fez a curva por fora na cobrança do escanteio.

A resposta alvianil veio aos 35. Bem nas bolas paradas, o volante Watson cobrou falta de longe e a bola explodiu no pé da trave direita de Sucuri.

Na volta do intervalo, o Brasiliense veio com mudanças no setor ofensivo em busca do empate, mas esbarrava na bos atuação do setor defensivo do Vitória. Deixando espaços, o Alvianil soube s aproveitar e em um belo contra-ataque, aos 34 minutos, Carlos Vitor sai na cara do goleiro e com muita tranquilidade ampliou na Boca do Jacaré.

Nem deu muito tempo para comemorar, pois o Brasiliense diminuiu aos 38 minutos, com Michel Platini, aproveitando cobrança de falta na área.

Precisando no mínimo empatar, o time candango se lançou ao ataque para ao menos levar a partida para os pênaltis. Quem levou, perigo, porém foi o vitória com Gianlucas. Do meio de campo ele tentou um gol de placa, mas a bola saiu por muito pouco. Felizmente não fez falta e o Vitória venceu o jogo, avançando na competição nacional.

BRASILIENSE 1 X 2 VITÓRIA

Brasiliense: Edmar Sucuri; Alex Murici, Lúcio, Badhuga e China (Mirandinha); Aldo, David Manteiga e Tchô (Peninha); Fabinho (Maikon Leite), Michel Planini e Romarinho. Técnico: Ricardo Antônio.

Vitória: Harrison; Cássio; Ferrugem, Léo Breno e Emerson; Nick (Lucas Barboza), Thiago, Watson (Gianlucas) e Carlos Vitor; Rafael Pernão e Jarles Baiano (Thainler). Técnico: Valdir Bigode.

Estádio Serejão (Brasília-DF)

Árbitro: Alisson Sidnei Furtado (TO)

Gols: Cássio, aos 13 minutos do 1º tempo. Carlos Vitor, aos 34m e Michel Platini, aos 38 minutos do 2º tempo

Fonte: gazetaonline