Doze beldades de Norte a Sul do Estado na final do Miss ES 2021

A modelo Gabriela Klitze é uma das concorrentes ao título de Miss Espírito Santo. A passarela do Iate Clube do Espírito Santo, na capital, vai estar de tirar o fôlego no dia 7 de outubro, quando por ela passarem as 12 mais belas mulheres capixabas em disputa da coroa de Miss Universo Espírito Santo 2021. A campeã garante lugar no Miss Universo Brasil. E daí para o Miss Universo Mundo.

Três cidades do Norte do Estado estarão representadas, quatro da região das montanhas capixabas e três da Grande Vitória. As 12 finalistas foram escolhidas dentre mais de 500 candidatas, um recorde na história do evento.

De repente, Barra de São Francisco, na região Noroeste do Estado, vestiu-se de poesia para celebrar o surpreendente presente que recebeu da modelo Gabriela Klitzke, 25 anos, que leva pela primeira vez a cidade de seus avós e sua mãe à final do concurso de beleza.

Foi tão surpreendente que não havia ninguém do município no coquetel de lançamento do Miss Espírito Santo. “Não recebi nenhum convite”, justificou-se o prefeito Enivaldo dos Anjos (PSD), ao ser cobrado pela própria Gabriela, o que denuncia a falha da organização.

MODELO HÁ 10 ANOS

Gabriela Klitzke nasceu em Vila Velha, mora em Serra, e escolheu representar a cidade onde nasceram e viveram seus avós maternos, Zilda e Valdemar Antonio da Silva, e nasceu sua mãe Neide Constantino (nascida em Água Doce do Norte antes da emancipação).
Com 1,76m de altura, 63kg de peso, manequim 38, Gabriela foi escolhida pela franquia para estar entre as finalistas, na capital do Estado.

Formada em Direito, estudando para concurso, com preferência para a carreira policial, modelo desde os 15 anos quando foi descoberta por olheiros da agência Andy Models na escola Rômulo Castello, em Carapina (Serra), Gabriela Klitzke hoje faz parte do cast da agência Ragazzo, considera o concurso muito concorrido, mas tem expectativa de ficar pelo menos entre as três primeiras colocadas.

Barra de São Francisco foi escolhida por Gabriela para representar por suas ligações afetivas com a cidade. “A cidade fez parte de minha infância por causa de minha mãe e dos meus avós, e continuou a fazer parte depois que cresci. Vou sempre lá e quando surgiu a questão, pois éramos duas finalistas moradoras da Serra, para mim foi fácil optar por representar Barra de São Francisco, onde fiz trabalhos de modelo para a loja Pizanti, de roupas e calçados”, explicou Gabriela.

A modelo disse que quando falou com a mãe que representaria Barra de São Francisco a reação foi imediata: “Em nenhum momento ela impôs isso, mas quando falei ela ficou muito alegre, pois sabe o que isso representa para a família e para a própria cidade. Na próxima semana vou com uma equipe de televisão apresentar a cidade para uma reportagem que será exibida pela TV Ambiental”.

O pai de Gabriela, Claudemir Klitzke, nasceu em São Gabriel da Palha e, não fosse a ligação afetiva dela com a cidade, talvez Barra de São Francisco perdesse sua miss: ela é sobrinha de Vantuir Schraiber, o Tuíla, vice-prefeito de Vila Pavão, e poderia ter optado por representar a cidade do tio ou a do pai, mas optou pela da mãe e dos avós com quem tanto conviveu.

Durante seis anos consecutivos, Gabriela Klitzke desfilou na Vitória Modas, o mais importante evento do setor no Estado, representando as marcas mais importantes do Estado, dentre elas Sol de Verão, Angorá, Açúcar Moreno, Zinsk, Amabilis, Riviera, Pk Premium e Verônica Santolini.

Ao participar da fase capixaba do Miss Universo, Gabriela Klitzke acredita que possa projetar ainda mais sua carreira e, quem sabe, ser descoberta por marcas de outros Estados, passando a fazer trabalhos nacionais. Portanto, a partir do dia 7 de outubro as carreiras policiais, que ela, por enquanto, ainda almeja, podem perder uma bela para o mundo das top models.

As 12 candidatas e as cidades que representam

Vanessa Augusta – 25 anos, Venda Nova do Imigrante
Paula Vivas – 22 anos, Mimoso do Sul
Debora Oliveira – 21 anos, Cariacica
Bruna Alves – 21 anos, Serra
Gabriela Klitzke – 25 anos, Barra de São Francisco
Diana Alves– 25 anos, Linhares
Maria Clara Orletti – 20 anos, Colatina
Gabriela Biancardi – 21anos, Conceição do Castelo
Lilian Ieza – 24 anos, Domingos Martins
Sebastiana Soares – 25 anos, Castelo
Sthephanie Faria – 22 anos, Vitória
Eduarda Braum – 20 anos, Afonso Cláudio

(*) José Caldas da Costa é jornalista e escreve como colaborador do Site Vitória