Polícia apreende 14 mil litros de cerveja em depósito de bar no Espírito Santo

A Polícia Civil apreendeu 14 mil litros de cerveja, com valor aproximado de R$ 118 mil, na última terça-feira (9). Segundo a polícia, a carga estava irregular e guardada em um galpão no bairro Santa Mônica, em Vila Velha, na Grande Vitória. O dono do galpão, um comerciante de 36 anos, foi preso.

Segundo o levantamento da Delegacia Especializada em Roubo à Carga, a polícia fazia buscas por uma carga de cerveja da Bahia que teria sido furtada a caminho do Rio de Janeiro. O depósito pertence a um bar e restaurante e o dono que se recusou a abrir o imóvel, inicialmente.

“O proprietário se negou a abrir o depósito para a equipe policial. Quando fui ao local, ele já estava acompanhado de um advogado, fez uma ligação e tentou fugir correndo. Ele entrou em uma residência para se esconder e foi necessário detê-lo”, explicou o delegado Breno Andrade.

No depósito foi encontrada uma carga de 14 mil litros de cerveja. Inicialmente não foi possível comprovar se aquela carga era a furtada na Bahia, pois a fábrica não conseguiu repassar o número do lote da carga que havia sido furtada.

Uma equipe da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) foi até o local pois o comerciante não possuía qualquer registro para ter um depósito de bebidas no local. A carga foi apreendida e o comerciante multado em R$ 66 mil.

Ele foi conduzido por sonegação de tributos. O delegado arbitrou fiança de R$ 10 mil, valor que foi pago pelo comerciante. Ele responderá em liberdade.

“As investigações continuam para verificar a origem da carga apreendida e também se o comerciante é o receptador da carga furtada. Descobrimos que o carreteiro que trouxe a carga saiu do local onde fica a fábrica de cervejas, na Bahia, e fez uma parada não programada na Serra, sendo que o destino era no Rio de Janeiro e o registro policial consta que o furto que teria sido no Rio de Janeiro”, completou Breno Andrade.

Informações: G1