Polícia acredita que morte de casal na garagem de casa tenha sido motivada por tráfico de drogas

93

A morte de duas pessoas no início da manhã desta segunda-feira (27), no bairro Itapoã, em Vila Velha, pode ter relação com o tráfico de drogas, segundo informações da polícia.

O homem, identificado por familiares como Carlos Magno Zael Borges Neto, de 26 anos, estaria conduzindo o veículo no momento em que foi morto a tiros. Ele estava acompanhado de uma jovem, identificada como Ana Carolina Ribeiro.

A mãe de Carlos Magno esteve no local do crime. Muito abalada, ela contou que o filho estaria morando na residência há cerca de 03 meses. Quanto à outra vítima, ela não soube responder se seria de fato a namorada do rapaz.

Uma moradora da região relatou aos policiais que acordou com o barulho de muitos tiros por volta das 05 horas. Ainda de acordo com informações dela, cerca de 40 disparos foram ouvidos antes da confirmação da morte do casal.

A polícia acredita no envolvimento do rapaz com o tráfico de drogas no bairro Divino Espírito Santo. Apesar disso, investigações não descartam outras possibilidades. Policiais civis fizeram o trabalho de perícia nos corpos das vítimas e eles foram levados ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória para exames cadavéricos. A família deve fazer o reconhecimento e a liberação dos corpos nesta segunda-feira (27).

Segundo testemunhas, os criminosos estariam em três e fugiram logo após os disparos. Eles contaram também que um tiroteio teria acontecido horas antes em uma outra rua do bairro e que o carro da vítima teria sido visto no meio da confusão. A Polícia Civil informou que a ocorrência está em andamento no plantão vigente do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Com informações da repórter Rafaela Freitas, da TV Vitória / Record TV.