Operação no Bairro da Penha mira suspeito de tráfico que recebeu auxílio emergencial

117

A manhã desta sexta-feira (03) começou com operação policial no Bairro da Penha, em Vitória. Nas primeiras horas da ação, policiais já prenderam pelo menos três suspeitos no local.

Um dos alvos da operação é Fernando Moraes Pereira Pimenta, o Marujo. Ele é apontado pela polícia como um dos chefes do tráfico de drogas do local. Em abril deste ano, inclusive, ele teve o cadastro aprovado para receber o auxílio emergencial do governo federal.

O foco é o combate a organizações criminosas que atuam, principalmente, na Grande Vitória, o cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão, e a prisão de homicidas e de traficantes.

As ações de cumprimento de mandados de prisão e de busca e apreensão são deflagradas em todo o Espírito Santo concomitantemente. Na Grande Vitória, a oitava edição da Operação Caim conta com cerca de 200 agentes de segurança pública, reunindo equipes da Polícia Civil, Companhia Independente de Missões Especiais (Cimpesp) da PMES, Força Nacional, Polícia Rodoviária Federal e Guardas Municipais, totalizando cerca de 200 agentes de segurança pública. Uma das equipes da operação ainda utilizam um detector de metais e ferramentas para cavar locais suspeitos de esconderijos de armas.

De acordo com secretário de Segurança Pública do Espírito Santo, Alexandre Ramalho, várias detenções já foram realizadas. “Subimos atrás de homicidas, traficantes. Já tivemos uma detenção importante, que é uma resposta à piedade, que é o indivíduo acusado de coordenar o ataque”, disse.

O total, até a sétima fase, é de 213 detenções, 47 armas, 1.285 munições, 11 veículos, drogas e mais de R$ 40 mil em dinheiro apreendidos. Em todo o Estado, 119 mandados judiciais foram cumpridos nas sete etapas.

Informações: Folha Vitória