Idoso é preso em Marataízes suspeito de abusar sexualmente da neta de 10 anos

166

Um idoso de 66 anos foi preso em Marataízes, no Litoral Sul do Espírito Santo, suspeito de abusar sexualmente da própria neta, uma menina de apenas 10 anos. De acordo com a Polícia Civil, os abusos eram cometidos na residência onde o detido vivia com a vítima, na época dos fatos.

A prisão ocorreu na atual residência do detido, na última quinta-feira (27). Contra ele, havia um mandado de prisão temporária em aberto, que foi cumprido por policiais civis da Delegacia de Marataízes, com apoio da Guarda Municipal.

Segundo o titular da Delegacia de Polícia (DP) de Marataízes, delegado Renato Perin, o crime foi denunciado pela avó da criança, no final de fevereiro, após descobrir que o suspeito trocava mensagens de cunho sexual com a neta.

“Após descobrir os fatos, a avó da vítima se dirigiu à delegacia e denunciou o ocorrido. À época, o homem não foi detido, pois estava fora do estado flagrancial”, explicou.

O delegado acrescenta que a vítima já tinha um histórico de abuso sexual, ocorrido no Estado do Rio de Janeiro. “Ela se mudou para o Espírito Santo, com o objetivo de se manter distante de possíveis agressores”, relatou.

O homem de 66 anos foi autuado pelo crime de estupro de vulnerável e encaminhado ao sistema penitenciário.

Fonte: folha vitoria