Homem que mantinha laboratório de drogas é preso e diz que traficava porque perdeu emprego

200

Um laboratório de maconha foi encontrado em uma casa, localizada em Guarapari. Além da estufa, os policiais encontram uma plantação no quintal da residência. Para a polícia, o suspeito disse que passou a traficar depois de perder o emprego de garçom.

O local possuia uma estrutura bem equipada, com uma boa iluminação e ventilação. Dentro da estufa, dois pés de maconha que eram cultivados. O homem demonstrou conhecimento com o cultivo e tinha o cuidado até com a qualidade da água, que tinha o PH medido por meio aparelhos.

O suspeito mostrou ainda uma máquina que, segundo a polícia, foi recém comprada. Ela serve para extrair o óleo da maconha. No quintal da residência, os policiais encontraram muitos pés de maconha.

Para o delegado, o homem de 32 anos afirmou que há dois anos perdeu o emprego como garçom e passou a traficar. Mas o cultivo da maconha é recente. O suspeito disse alugou a casa para morar e plantar a droga.

Os investigadores chegaram até o suspeito por meio de uma denúncia anônima. Ele estava saindo de casa para fazer uma entrega. De acordo com o delegado, a droga era vendida via delivery. Uma tática adotada por traficantes para tentar despistar a polícia.

Durante o depoimento, o suspeito teria ainda defendido sobre a importância do uso da maconha. A polícia aprendeu, além da plantação, tabletes de maconha, haxixe e muito material para o cultivo.

Informações: Folha Vitória