Delegado se nega a usar máscara e saca arma para fazer ameaças

248

Um delegado da Polícia Civil foi preso na manhã desta sexta-feira (18), em um supermercado do Cidade Universitária, na Zona Sul de João Pessoa, após se negar a usar máscara e sacar uma pistola para fazer ameaças aos funcionários do local. As informações são da TV Correio.

O delegado Luciano Soares explicou que o suspeito chegou ao supermercado, mas foi abordado por uma funcionária que o pediu para que colocasse a máscara e passasse pela verificação de temperatura. Soares disse à TV Correio que o delegado ficou nervoso, sacou a arma e fez ameaças no estabelecimento.

As polícias Militar e Civil foram acionadas e o delegado, que não teve a identidade revelada, foi levado para a Central de Flagrantes no Geisel. Segundo o delegado Luciano Soares, o suspeito deverá ser investigado pela conduta e poderá ser punido criminal e administrativamente. “Reprovável”, disse Soares à TV Correio, sobre a conduta do colega.

O delegado preso nesta sexta (18) era um policial ativo, mas estava afastado das atividades por ter mais de 60 anos e fazer parte do grupo de risco na pandemia do novo coronavírus. A arma dele foi apreendida e ele deverá ficar suspenso das atividades até que as apurações sejam concluídas.

O uso de máscara em locais públicos é obrigatório na Paraíba desde maio deste ano, conforme o decreto 40.217 do Governo do Estado, publicado no Diário Oficial. A medida é uma das formas de diminuir os riscos de contágio do coronavírus.