Após morte de balconista em Guarapari, ES, mulheres fazem ato: ‘Basta de feminicídio’

29

Um grupo de mulheres se reuniu, nesta segunda-feira (13/01/2020), no Centro de Guarapari, para um ato em memória da balconista Shirley Simões, de 31 anos, que foi morta na quinta-feira (9), vítima de feminicídio. O protesto é pacífico e acontece na subida da ponte da cidade.

O ato ‘Nenhuma mulher a menos! Basta de feminicídio’ foi convocado pelo Coletivo Interseccional Mulheres que Lutam.

A ação também lembra outros casos de feminicídio na cidade, como o da auxiliar de serviços gerais Marinalva Castro Santos e a cantora gospel Maria da Conceição Bispo dos Santos.

O ato começou por volta das 18h. As manifestantes ocuparam um dos sentidos da via, na subida da ponte, quando o sinal para os carros era fechado. Depois, seguiram em passeata, pela ponte. A Polícia Militar acompanha a ação.

Fonte: g1