Adolescente suspeito de assalto é morto por advogado no ES

1053

Policiais militares e peritos da Polícia Civil estiveram no local do crime, na Serra

Um adolescente de 16 anos foi morto com um tiro na cabeça disparado por um advogado no final da tarde desta sexta-feira (15), no bairro Civit II, no município da Serra, na Grande Vitória.

Segundo informações dos policiais militares que atenderam à ocorrência no local, a vítima e um outro homem estavam assaltando uma mulher quando foram interrompidos pelo advogado, que também passava pelo local e pensou que seria alvo do assalto.

O crime aconteceu pouco antes das 18 horas em meio ao trânsito da Avenida Talma Rodrigues Ribeiro, na altura do bairro Civit II, próximo a um cemitério. De acordo com a polícia, uma mulher tentava atravessar a pista quando foi abordada por dois suspeitos, que usavam em uma motocicleta. Entre eles, estava o adolescente de 16 anos, que portava uma arma falsa.

Nesse momento, o advogado, que passava pelo local em uma caminhonete, viu a ação dos suspeitos. Achando que seria alvo do assalto, ele atirou contra a dupla. O adolescente, que estava na garupa da motocicleta, foi atingido por um dos disparos e morreu no local.

A vítima foi identificada apenas pelo nome de Celino. Ele seria morador do bairro Vila Nova de Colares, também na Serra, e já possuía passagens na Justiça por outros atos infracionais, que não foram detalhados. O corpo do jovem foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML), em Vitória.

Adolescente de 16 anos, que morreu após ser baleado por advogado, foi identificado como Celino

O outro suspeito do assalto, de 26 anos, não foi baleado, mas acabou sendo rendido. Ele foi preso, pois, além da tentativa de assalto contra a mulher, já possuía um mandado de prisão em aberto. A Polícia Civil informou que ele foi autuado em flagrante por roubo e encaminhado para o Centro de Triagem de Viana.

Ainda segundo a polícia, o advogado que efetuou os disparos, cujo nome não foi revelado, possui porte de arma. Ele e a mulher que sofreu a tentativa de assalto não quiseram comentar o fato. Os dois foram levados para a Delegacia Regional da Serra.

De acordo com a Polícia Civil, o advogado foi ouvido e liberado. O caso foi registrado como tentativa de roubo com morte do agente.

Informações: G1