Câmara aprova projeto que autoriza isenção de água em Cachoeiro

28
Com a aprovação, a Prefeitura poderá subsidiar, através de recursos da Agersa, a conta de água de imóveis atingidos pela enchente de janeiro

A Câmara de Vereadores de Cachoeiro de Itapemirim aprovou por unanimidade, na sessão da última terça-feira (10), o projeto de lei substitutivo 001/2020, que autoriza a transferência de recursos da Agersa para a Prefeitura, para que o município possa subsidiar a conta de água de imóveis atingidos pela enchente de janeiro.

O projeto começou a tramitar na Câmara após ser lido na sessão da última passada, e substitui o Projeto de Lei 005/2020, protocolado logo após a enchente, mas que continha erro grave na redação feita pelo Executivo.

Se o projeto original tivesse sido aprovado como estava, a isenção ficaria restrita apenas às vítimas que são beneficiários da Tarifa Social de água.

“Os vereadores entenderam que, dessa forma, o benefício não alcançaria a maior parte das vítimas, e pediram a correção do texto”, explica o presidente da Câmara, Alexon Cipriano (PROS).

Informações: Folha Vitória