Grande Vitória tem mais de 600 pessoas vivendo em situação de rua

5

É comum encontrar pessoas dormindo e vivendo nas ruas, em diversas localidades da Grande Vitória. Segundo a prefeitura da capital, há um aumento observado na população de rua durante o verão.

De acordo com os dados das prefeituras, Vitória tem 286 pessoas vivendo em situação de rua e lidera o ranking na região metropolitana. De acordo com a Secretaria Municipal de Assistência Social, o motivo do crescimento é o fato de pessoas em situação de rua ficarem próximas às praias.

Em Vila Velha, a prefeitura estima que a população de rua seja entre 130 a 160 pessoas, que são atendidas pelo Centro Pop. No município da Serra, segundo dados da prefeitura, cerca de 150 pessoas vivem em situação de rua. Já em Cariacica, a prefeitura informou que não tem os dados registrados, mas a equipe de Serviço Especializado em Abordagem Social atende cerca de 163 pessoas nesta situação.

Segundo especialistas da área de assistência social, há vários fatores que levam as pessoas para as ruas. Entre eles, destacam-se o alto índice de desemprego, problemas nas relações familiares e o vício em álcool ou drogas. De acordo com o diretor de Integração e projetos especiais do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Pablo Lira, os indicadores exigem um trabalho integrado do poder público.

“Na região metropolitana, a gente vê os municípios com equipes estruturadas de abordagem nas ruas, com equipes de assistência social, oferecendo serviços de saúde, mas é um serviço que tem que ser constante”, ressaltou Pablo. Além da atuação das prefeituras, a Defensoria Pública do Espírito Santo também oferece atendimento a pessoas em situação de rua, por meio do Núcleo de Direitos Humanos.

Com informações da repórter Luana Damasceno, da TV Vitória/ RecordTV!