Cartão GV é lançado e poderá ser recarregado em terminais, shoppings e farmácias da GV

17

Mais um passo para a implantação do Bilhete Único na região metropolitana foi anunciado. Na manhã desta quarta-feira (31), foram apresentados os novos layouts dos cartões para uso nos sistemas Transcol e municipais de Vitória e Vila Velha.

Além dos novos cartões, a Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura (Semobi), a Companhia de Transportes de Passageiros do Espírito Santo (Ceturb-ES), e o GVBus anunciaram terminais de autoatendimento para recargas e ficarão em todos os terminais da Grande Vitória. Além disso, os terminais de recarga estarão localizados em shoppings e em unidades da Rede Farmes. No total, serão 50 novos locais para as recargas.

A partir desta quinta-feira (1º) os novos cartões já podem ser adquiridos e recarregados pontos localizados na loja central, na Reta da Penha; na Ufes; nos terminais Jacaraípe, Laranjeiras, Vila Velha, Ibes e Campo Grande; e em 43 farmácias da Rede Farmes. Posteriormente, os terminais serão instalados nos shoppings Praia da Costa, Mestre Álvaro, Moxuara, Mont Serrat, Boulevard, Norte Sul e Vila Velha.

Ao contrário dos cartões atuais, não haverá mais layouts diferentes para os diversos tipos de usuários. Todos os cartões serão iguais. A previsão é que a partir do dia 1º de setembro, o mesmo cartão seja aceito em todos os ônibus Transcol, ‘verdinhos’ e Sanremo. Vale ressaltar que quem já validou o cartão, não precisa trocar.

O secretário de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, explicou que a partir de agora, o Bilhete Único será chamado de Cartão GV. Segundo ele, a implantação do sistema vai proporcionar mais segurança, reduzindo a circulação de dinheiro nos ônibus; redução de fraudes e evasão de receitas; e possibilitar a integração dos sistemas municipais com o Transcol.

Validação

A validação do bilhete único dos ônibus Sanremo e ‘verdinhos’ segue acontecendo na Grande Vitória, mas cerca de 40 mil passageiros dos municípios de Vitória e Vila Velha, ainda não realizaram o procedimento. O prazo encerra no dia 16 de agosto.

Este processo de recadastramento funciona da mesma forma que aconteceu com o sistema Transcol. Ao embarcar no ônibus, o usuário deve passar o cartão de passagem primeiro na máquina azul e depois na vermelha para validá-lo.

Segundo informações da Secretária de Estado de Transportes e Obras Públicas, a expectativa é que até o fim do ano, tanto os cartões do Transcol, quanto os municipais sejam aceitos em qualquer um dos sistemas. Caso o passageiro perca o prazo de recadastramento, a orientação é que procure os postos de atendimento do Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) para realizar a migração.

Informações: Folha Vitória