Suspeito de chefiar tráfico de drogas em Vila Velha e apontado como autor de 10 homicídios é preso

22

A Polícia Civil prendeu na manhã desta quarta-feira (15) o suspeito de chefiar o tráfico de drogas no bairro Alecrim, em Vila Velha. De acordo com a polícia, Jackson Ferreira Oliveira, conhecido como Jaquinha, é apontado como autor ou mandante de pelo menos 10 assassinatos.

Jaquinha era procurado pela polícia há 5 meses. O titular da DHPP, delegado Gianno Trindade, contou que a equipe estava monitorando o detido desde o mês de fevereiro deste ano.

“Esse suspeito é de alta periculosidade. Ele escapou de uma grande operação que fizemos em fevereiro, que resultou na prisão de onze pessoas, entre elas, dois gerentes e um braço direito do detido”.

Durante as investigações, a polícia descobriu que o suspeito fugiu de Vila Velha e se escondeu em Conceição da Barra, no norte do estado. Segundo o delegado, Jaquinha tentava retomar ao topo do tráfico em Vila Velha e pretendia se aliar a traficantes do complexo da Penha, em Vitória.

“Ele estava se preparando para retornar e tomar uma parte do tráfico de drogas em Vila Velha. Para isso, o detido estava tentando vender um barco que ele tem para comprar armas e munições, além de tentar se alinhar ao Complexo da Penha no sentido de retomar aquele território”, ressaltou.

Durante o tempo que esteve foragido, o suspeito mudou o visual diversas vezes para tentar se esconder da polícia. Ele foi preso em um apartamento alugado no bairro Jockey, em Vila Velha.

Comparsa

A operação da DHPP, que contou com 16 policiais, também capturou um suspeito de ser comparsa de Jackson. Com Marcos Felipe Mendes Silva, de 24 anos, a polícia encontrou armas e munições.

Após serem ouvidos na delegacia, Jaquinha e o comparsa Marcos foram encaminhados para uma unidade prisional.

Informações: Folha Vitória