Onça-pintada é captura após atacar animais e assustar moradores em Minas Gerais

37

Uma onça-pintada que circulava pelas ruas de Juiz de Fora, a 283 km de Belo Horizonte, desde o final do mês passado foi capturada na noite deste domingo (12).

O animal foi pego por uma armadilha instalada dentro do Jardim Botânico da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora).

A onça estava saudável, passou por exames e será encaminhada a uma reserva ambiental que não foi divulgada.

O felino havia sido flagrado, no final do mês passado, por funcionários da universidade na área de visitação do jardim botânico e, desde então, causava apreensão entre os moradores da cidade. Depois da aparição, o local foi interditado.

Câmeras de segurança também gravaram o animal andando pelas ruas do município. Segundo um morador, a onça chegou a invadir um galinheiro durante uma madrugada.

Uma comissão foi montada para desenvolver ações para tentar capturar o felino. Sete instituições fizeram parte do grupo. São elas: o Campo de Instruções do Exército Brasileiro, Corpo de Bombeiros, Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), IEF (Instituto Estadual de Florestas), Polícia Militar, Prefeitura de Juiz de Fora e a UFJF.

De acordo com a universidade, as equipes instalaram no Jardim Botânico quatro armadilhas metálicas em formato de caixa e outras seis de laço que foram deixadas no chão para tentar pegar o animal.

Informações: Folha Vitória