Empresário é preso após ameaçar matar a esposa em Vila Velha

22

Um empresário, de 39 anos, foi preso, acusado de agredir com socos a mulher, de 37, no bairro Ilha dos Ayres, em Vila Velha. Além disso, o suspeito teria ameaçado matar a vítima. Dentro da casa da família, a polícia encontrou um revólver de calibre 38 com cinco munições. O caso ocorreu às 22h30 de terça-feira (02).

De acordo com informações da vítima, que não será identificada, o crime ocorreu na casa onde mora. A vítima informou para a polícia o marido chegou na residência agressivo e que pediu que a mulher guardasse os carros da empresa dele, que estavam na rua, dentro de um terreno. Segundo a vítima, dois carros não teriam ligado.

Nesse momento o empresário teria ficado mais nervoso e começado a xingar a mulher. Em seguida, ele teria dado dois socos na cabeça da vítima e caminhado na direção de seu escritório, dizendo que iria pegar uma arma. Segundo a mulher, ele teria dito: “cadê minha arma, vou matar vocês”. Além da mulher, estavam no local a filha do casal, uma adolescente de 16 anos, e a mãe da vítima, de 58.

As três aproveitaram o momento em que o empresário foi até o escritório e correram para fora da casa. Elas trancaram o portão e levaram o controle. Depois, pediram ajuda. A PM foi acionada e uma radiopatrulha foi até o local. A princípio, o empresário se recusou a sair da casa, mas depois acabou indo ao encontro dos policiais.

A mulher informou aos PMs que o marido guardava uma arma dentro de casa e autorizou a entrada dos militares no local. Em um dos quartos da residência, embaixo de um gaveteiro, o revólver foi encontrado. O empresário foi levado até o Plantão Especializado da Mulher (PEM), na Ilha de Santa Maria, em Vitória. Ele foi ouvido e negou que tivesse agredido e ameaçado e mulher.

O suspeito ainda informou que guardava um revólver dentro de casa para se proteger e que não possui porte de armas. Já a mulher, relatou que o marido é ciumento e que tenta controlá-la, vigiando seu telefone e as roupas que veste. Ela declarou para a polícia que já foi agredida e ameaçada de morte outras vezes pelo suspeito.

O empresário foi autuado por posse ilegal de arma, lesão corporal, ameaça e injúria. Ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

Informações: Tribuna online