Prefeito de São Mateus é denunciado por contrato de quase R$ 1 milhão em caixões

1579

Contrato publicado no Diário Oficial prevê fornecimento “eventual” de mais de 100 caixões por um mês.

Deputado denúncia ao TCE

A última página da série de desmandos do prefeito de São Mateus, Daniel Santana (PSDB), o Daniel da Açaí, parece mais um conto da cripta e tem feito arrepiar os cabelos de muita gente.

Acontece que Daniel publicou no Diário Oficial a aquisição eventual de urnas mortuárias e translados pelo preço de R$ 975.500,00. O contrato feito com a Funerária Eterna Cricaré Limitada é vigente pelos próximos 12 meses e foi estabelecido pela Secretaria Municipal de Assistência Social de São Mateus.

Publicado nesta segunda-feira (23/07/2018), o contrato tem um valor suficiente para a aquisição de mais de 100 caixões a cada mês, mas é previsto apenas um fornecimento eventual de materiais para a Secretaria.

O deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) protocola nesta terça-feira (24) uma denúncia junto ao Tribunal de Contas do Estado, ao mesmo tempo em que pede ao Ministério Público Estadual uma apuração rigorosa de mais este caso.

“É mais um abuso desse ilegítimo prefeito, que já deveria estar fora da prefeitura, mas é protegido por alguns políticos”, disse o deputado. Desde que assumiu a prefeitura, Daniel fez uma série de contratações e aquisições sem o devido processo de licitação ou consulta à população, segundo denúncias já feitas na Câmara de Vereadores.

O prefeito chegou a ser condenado pela justiça eleitoral por compra de votos na última eleição, mas permanece no cargo, graças a uma liminar. Apurações prévias geram suspeitas de mais um contrato de lavagem de dinheiro. A funerária sequer tem estrutura para atender à demanda prevista no contrato.