Professora é presa em bairro nobre de Vitória por suspeita de ‘golpe da locadora’ com carros de luxo

352

Uma professora foi presa nesta quarta-feira (11/04/2018), no bairro Praia do Canto, em Vitória, com dois veículos de luxo que teriam sido alugados em outro Estado para serem vendidos no Espírito Santo. Trata-se do conhecido ‘golpe da locadora’. Na casa da suspeita, foram apreendidos documentos falsos de veículos.

Um dos carros é avaliado em cerca de R$ 160 mil. O outro, aproximadamente R$ 90 mil. Os dois pertencem a uma locadora de veículos em São Paulo e, segundo os investigadores da Delegacia de Defraudações, seriam vendidos no Espírito Santo por uma organização criminosa.

“A gente chama de golpe da locadora. Essa associação criminosa vai até São Paulo principalmente, ou outros estados, aluga o veiculo por determinado tempo, não devolve, traz para o nosso Estado, falsifica diversos documentos e tenta vender para terceiros de boa fé. Isso está acontecendo muito”, comenta a delegada Rhaiana Bremenkamp.

Os dois carros estavam em posse de Aline de Paula Nunes, de 37 anos, professora da rede municipal de ensino, em Vitória. Os dois veículos, juntos, valem mais de R$ 250 mil. Aline estava à bordo de um deles quando foi presa em flagrante.

A policia montou uma campana para realizar a prisão. O veiculo estava estacionado em uma rua na Praia do Canto e quando a professora se aproximou e entrou no carro, os policiais deram voz de prisão. Em seguida, os agentes foram até a casa dela, em Jardim Camburi. Na garagem, eles encontraram o outro veículo. A própria suspeita afirmou para a delegada que veículo que estava na garagem era usado pelo marido dela.

Na casa, a policia também encontrou documentos de veículos e contratos. Tudo falsificado. Também havia uma planilha, que segundo a policia, são transações da quadrilha. No papel constam informações sobre sete veículos. O documento possui dados como valor de compra, custos, valor de venda e, no fim, o lucro estimado da quadrilha, que passa dos R$ 300 mil.

“Recebemos diversas denúncias anônimas em relação a esse caso e outras envolvendo locadora. Então, a gente sabe que outros carros passaram nas mãos dessas pessoas e já foram vendidos para terceiros de boa fé”, disse Rhaiana.

Aline foi autuada em flagrante por receptação e associação criminosa e é investigada por estelionato e falsificação de documentos. A professora foi encaminhada para o Centro de Triagem de Viana. A policia ainda trabalha na identificação de outros suspeitos.

Fonte: folhavitoria

 

COMPARTILHAR