CPI da Máfia dos Guinchos estuda nova denúncia contra rotativo de Guarapari

813

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a Máfia dos Guinchos no Estado convocou para sua próxima reunião a presença do Comandante da Polícia Militar de Guarapari, Tenente Coronel Peçanha; da secretária municipal de trânsito, Cláudia Martins Silva e do sócio proprietário da empresa Vista Group Network, senhor Ricardo Silva Martins.

Eles serão ouvidos na apuração de denúncias feitas pelo vereador, Denizart Luiz, o Zazá, sobre irregularidades no serviço de estacionamento rotativo da cidade.

Desde a implantação do serviço de estacionamento rotativo em Guarapari, a empresa Vista Group Network, que explora o serviço, é alvo de denúncias envolvendo o não cumprimento de partes do contrato, o uso de força contra cidadãos e mais recentemente o não pagamento de seus funcionários, responsáveis pelo recolhimento da taxa paga pelos motoristas.

“É impossível uma empresa que explora o serviço de estacionamento rotativo por tanto tempo não ter recursos em caixa para pagar seus funcionários”, comenta o vereador Zazá, que moveu um abaixo assinado por moradores da praia de Setiba pedindo a retirada do serviço de estacionamento rotativo da praia.

O pedido para retirada do rotativo de Setiba se baseia na principal fonte de renda dos moradores da região, o turismo, que foi visivelmente abalado durante o último verão, graças à cobrança feita aos motoristas que visitavam a praia.

Além das convocações feitas pela CPI, a comissão ouvirá o vereador autor das denúncias, para que esclareça a situação junto ao colegiado. Zazá foi convidado a comparecer na próxima reunião da CPI da Máfia dos Guinchos, que acontecerá na segunda-feira (25), no plenário Judith Castelo, às 11h, na Assembleia Legislativa do Espírito Santo.

Linha Verde Durante a última reunião da CPI da Máfia dos Guinchos, o secretário municipal de Trânsito de Vitória, Tyago Hoffmann explicou o funcionamento da chamada Linha Verde – um corredor exclusivo para ônibus, implantado nas principais vias da cidade.

“O funcionamento da Linha Verde já é uma realidade, mas por enquanto a guarda municipal tem assumido um papel educacional para que as pessoas se adaptem. Durante os próximos dias não será aplicada multa, mas os agentes estarão atentos para alertar os motoristas do uso da faixa exclusiva”, explicou o secretário. Ainda de acordo com Hoffmann, poderão trafegar nas vias apenas ônibus, táxis e vans, com o intuito de incentivar o transporte público na cidade, o que foi parabenizado pelo deputado estadual e presidente da CPI, Enivaldo dos Anjos (PSD).

“Gostaria de dar parabéns à decisão de permitir o tráfego de táxis e vans na Linha Verde, uma vez que seria inútil deixar o carro em casa para pegar um táxi que pegaria o mesmo trânsito de um carro. Em São Paulo tiveram muitas reclamações em torno disso”, comentou Enivaldo.

Além da polêmica em torno da Linha Verde, o secretário respondeu às denúncias publicadas na imprensa de que o maior número de infrações emitidas em Vitória viriam do estacionamento rotativo. Segundo ele, os dados estariam incompletos, por serem apenas dos dois primeiros meses de 2018.

Em resposta, os deputados da CPI exigiram a apresentação de todas as multas e avisos de infração emitidos em Vitória de janeiro de 2017 a fevereiro de 2018 para que seja feita uma auditoria em torno do tema.

“Eu sou totalmente contrário ao serviço de estacionamento rotativo tocado por empresa privada. Porque quando a prefeitura cuida do rotativo, ela está buscando democratizar o espaço público, mas a empresa visa lucro e não quer nem saber do bem estar do cidadão, que é quem paga pelo serviço”, comentou Enivaldo dos Anjos após uma das falas de Hoffmann onde ele admite não haver tolerância mínima para veículos com o tempo de estacionamento rotativo vencido nas ruas da cidade.

O pedido para entrega dos documentos, bem como a presença de convocados para a próxima reunião da CPI já foram entregues pelo colegiado e deverão ser atendidos até a próxima segunda-feira (25), no horário da reunião.

 

 

 

 

 

COMPARTILHAR